Projeto ajuda mulheres que sonham em engravidar, mas sofrem com a infertilidade

O sonho da maternidade (Foto: Débora Santos)O sonho da maternidade (Foto: Débora Santos)

Há seis anos, a jornalista paulista Priscilla Portugal, 36, se dedica à realização de seu maior sonho: se tornar mãe. Foram dois anos de tentativas naturais até partir para uma investigação mais profunda, que já envolveu seis médicos. As dificuldades foram agravadas pela falta de sensibilidade dos especialistas, que já chegaram a lhe dar inclusive o diagnóstico de menopausa precoce. Ao buscar mais informações na Internet, ela se deparou com uma série de notícias assustadoras. Diante de tanta insensibilidade e falta de amparo, decidiu que era a hora de não só ajudar a si mesma como também a outras mulheres que também enfrentam o drama da infertilidade.


Em dezembro, Priscilla lançou o site “Cadê meu Neném?”, voltado às “quase-mães”, termo cunhado por ela para se referir a quem compartilha do seu mesmo desejo: gerar um filho. Na página, ela mostra o “diário de sua não-gravidez”, publica entrevistas com médicos e posta depoimentos tocantes de amigas e desconhecidas que procuram por representatividade a fim de amenizar sua dor.


“Quanto menos informação eu tinha, mais desesperada eu ficava”, contou . “Conforme consultava minhas amigas, descobria muitas histórias semelhantes às minhas. Elas confortavam o meu coração, eu não era a única e poderia ter um final feliz. Decidi então criar esse espaço para acolher e inspirar.”


Desde o lançamento, Priscilla já recebeu 35 depoimentos. As histórias vão desde aquelas que buscam há anos por uma solução para a infertilização a casos de mulheres que conseguiram engravidar, passando por quem optou pela adoção ou desistiu do sonho para salvar o casamento.


A seguir, ela expõe suas dificuldades, conta por que o assunto ainda é um tabu e alerta para a importância da empatia.


Quais são os pontos mais marcantes da sua história?
PRISCILLA PORTUGAL
Resumidamente, é uma história de muita ansiedade. No início, fui diagnosticada com baixo estoque ovariano e menopausa precoce. Fiquei desesperada. Já me consultei com médicos tenebrosos. Um deles chegou a dizer que “quem engravida depois dos 35 anos, tem muito mais chances de ter filho com problema neurológico”. Já optei pela fertilização, que é o procedimento com maiores chances de dar certo. Na estimulação, respondi mal e não engravidei. Enfrentei um ano de recuperação emocional. Durante esse tempo, me deparei com informações assustadoras na web. Agora, estou numa nova etapa. Encontrei um imunologista, que descobriu em mim um quadro de inflamação no endométrio. Ele me deu esperanças para tentar novamente. Em paralelo, tenho me interessado cada vez mais pela ideia da adoção.


Por que o assunto ainda é tabu?
PP
Porque vivemos em tempos de rede sociais, onde todo mundo é aparentemente feliz. A infertilidade traz culpa, vergonha, uma sensação de fracasso, abala o casamento…  É um assunto muito sensível, que exige empatia. Eu tenho várias amigas que passaram por isso, mas não quiseram me dar o depoimento para não relembrarem todo o sofrimento que enfrentaram.


Por que precisamos expor esse assunto?
PP
A começar pelo alto valor de um tratamento de fertilidade. A inseminação artificial, que custa entre 4 e 7 mil reais, em São Paulo. E a fertilização chega facilmente aos 20 mil reais. Não há uma oferta no SUS, apesar de a reprodução ser um direito garantido pela Constituição. Grande parte do processo também não é coberto pelo plano de saúde. Enquanto a gente ficar quieta, isso não vai mudar. Apesar de a pauta feminista ser bastante ampla, ela não inclui esse assunto. Resumidamente, trata-se de uma questão cara financeira e emocionalmente.


Você nota um julgamento social sobre as “quase-mães”?
PP
Sim. Está todo mundo sempre pronto para julgar o outro. Eu tenho cachorro, não me considero “mãe de cachorro”, mas compartilhou muitas fotos com ele nas redes sociais. Antes de saber da minha história de infertilidade, as pessoas comentavam: “está na hora de trocar por um filhinho”. Mas elas não faziam ideia de como esse assunto me machucava.


O tratamento hormonal agrava o abalo emocional?
PP
Com certeza. Eu dei muita sorte que durante o meu processo, que incluiu ciclos de fertilização e inseminação, não inchei, nem fiquei depressiva. Mas é muito duro. Vou começar agora o meu tratamento para a endometrite e tenho consultado cada um dos profissionais para entender todos os passos. Eu estou no meu limite, não aguento mais nem tirar sangue. Mas sigo querendo realizar meu desejo.


Você se sente sozinha?
PP
Sim. Esse foi um dos motivos que me fizeram lançar o site. Não quero que ninguém sinta o que estou sentindo. Muitas amigas que tiveram problemas para engravidar, durante esses seis anos em que estou tentando, conseguiram. Com isso, acabaram se afastando, deixaram de ser minhas parceiras de desabafo, porque estão vivendo um novo momento. Não as culpo. Muitos parentes tentam me confortar, mas quem nunca passou pela mesma situação, não sabe o que é. Isso não acalma o coração.


As pessoas se intrometem muito na vida de uma “quase-mãe”?
PP
Sim, dão muito pitaco. O que mais me irrita é conselho para relaxar, como se eu nunca tivesse pensado nisso. A falta de empatia é a resposta pronta que muita gente tem pra dar. Elas não escutam seu problema de verdade. Pra mim não pega quando fala adoção, porque está nos meus planos. Mas o meu sonho é ter a barriga, amamentar… Teve uma situação muito marcante de uma conhecida que me disse: “Depois de todo esse tempo que você está tentando e de todo esse recurso gasto, você já deveria saber que ser mão não é só ter um bebê”. Fiquei bastante chateada. Quem quer ser mãe, sabe que pode adotar uma criança; quem quer engravidar, quer ter um neném.


Das histórias do site, qual mais te marcou?
PP
Todas me tocam, porque a maioria é de pessoas próximas, mas teve uma em especial. A da Darcy*, de 55 anos que conseguiu seguir a vida sem realizar seu sonho. “Eu cuidei de sobrinhos, filhos de amigos, afilhados… Mas meu maior anseio era ter a barriga e amamentar. Não tive. E aprendi a respeitar o destino”, ela me contou.


O aborto espontâneo também é um tabu?
PP
Sim. É uma morte, um luto. E como só a mulher e companheiro se apegaram àquele bebê, para o resto da família e dos amigos, ele não chegou nem a existir. Então, a dor acaba sendo só deles e ninguém entende com precisão o motivo daquele sofrimento. O aborto espontâneo não é um acontecimento normal, como muitos médicos insistem em dizer. É preciso investigar a causa. O corpo da mulher está preparado para seguir com uma gestação saudável até o fim. Se isso não acontece, existe um problema que precisa ser tratado.


O que faltam aos médicos para lidar com essas mulheres?
PP
Em primeiro lugar, falta sensibilidade para dar a notícia. Isso requer um preparo. Cada diagnóstico negativo é uma perda de uma vida, de um sonho, de um esforço. Falta envolvimento, comprometimento em descobrir a razão da infertilidade.


Quais são os questionamentos mais comuns das mulheres que chegam ao seu site?
PP
Dúvidas sobre endometriose. Esse é, sem dúvida, o mau da nossa geração.


O que você espera atingir com o site?
PP
Eu quero alcançar o maior número possível de mulheres para acolhê-las. E ao mesmo tempo ter um controle sobre uma informação mais responsável para esclarecer todas as dúvidas sobre esse processo. 


Como é sua relação com as amigas que têm filhos?
PP
Essa é uma das piores situações, porque fico feliz pela minha amiga, claro, mas ao mesmo tempo me questiono se não sou merecedora de viver essa mesma experiência. Isso só aumenta a culpa. E parece que pra onde você olha tem grávida, gente falando de gravidez, mulheres com bebês… No fundo, a gente só começa a prestar mais atenção, mas acha que é um sinal.


Qual é o limite da tentativa na realização desse sonho?
PP
É a pergunta de um milhão de dólares. Acho que cada um tem o seu, o difícil é encontrá-lo. Achei que o meu já tivesse chegado, mas encontrei um novo médico que mostrou coisas que ninguém tinha me mostrado. Então, quero tentar mais um pouco.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Um ensaio com mulheres poderosas no dia do trabalho

Sheryl Sandberg, CEO do Facebook, em 2015 (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits )Sheryl Sandberg, CEO do Facebook, em 2015 (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits )

A mostra Women: New portraits reune imagens de mulheres poderosas fotografadas pela  americana Annie Lebovitz. Fazem parte da exibição retratos e imagens instimistas de personalidades como Sheryl Sandberg, presidente do Facebook, e a feminista Gloria Steinem, entre outras.

A nadadora Katie Ledecy, em 2016. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)A nadadora Katie Ledecy, em 2016. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)

Agora, fazem parte do acervo do banco, o UBS Art Collection, uma das maiores coleções de arte do mundo, com mais de 30 mil trabalhos.

A bailarina americana Misty Copeland, em 2015. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)A bailarina americana Misty Copeland, em 2015. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)

A mostra, que começou em Zurique, em janeiro, rodou 10 países. Foi organizada pelo banco UBS em parceira com 28 universidades e teve 200 mil visitantes.

A escritora Gloria Steinem, em 2016. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)A escritora Gloria Steinem, em 2016. (Foto: Divulgação: Annie Lebovitz / Women: New Portraits)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Zac Efron elogia mulheres por usar salto alto após se vestir de mulher em filme

Zac Efron em cenas do novo filme "Baywatch" (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron em cenas do novo filme “Baywatch” (Foto: Reprodução/Youtube)

Parece uma missão fácil para nós andar com salto alto, mas eles ficam realmente impressionados quando sobem em um. Zac Efron até escreveu uma mensagem em seu Twitter elogiando a habilidade das meninas logo depois que foi lançado o trailer de seu novo filme, “Baywatch”.


“Muito respeito a todas as mulheres que andam de salto alto. Uma das minhas acrobacias mais difíceis em ‘Baywatch'”, disse que ele comparando a missão com suas cenas de ação no novo longa.


Além disso, Zac não teve medo de abraçar seu lado feminino e de vestiu de mulher com direito a maquiagem, acessórios e chapéu elegante para se infiltrar em um local proibido na sequência. Claro que em “Baywatch”, sendo um filme de praia, não faltarão cenas em que nosso ex-muso de “High School Musical” exibe seu tanquinho trabalhadérrimo.


O filme, que é uma adaptação da série “SOS Malibu”, estreia dia 19 de maio nos cinemas americanos, enquanto que no Brasil só deve chegar em junho.

Zac Efron elogia mulheres que usam salto alto (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron elogia mulheres que usam salto alto (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron em cenas do novo filme "Baywatch" (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron em cenas do novo filme “Baywatch” (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron usando salto no filme "Baywatch" (Foto: Reprodução/Youtube)Zac Efron usando salto no filme “Baywatch” (Foto: Reprodução/Youtube)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Por que algumas mulheres adoram Donald Trump?

Donald Trump e a esposa Melania (Foto: Getty Images)Donald Trump e a esposa Melania (Foto: Getty Images)

Durante toda a campanha presidencial o republicano Donald Trump se referiu publicamente às mulheres que achava pouco atraentes como porcas, cadelas e “animais repugnantes”. Quando concorreu com a ex CEO da Hewlett-Packard Carly Fiorina pela candidatura republicana no ano passado, ele sugeriu que ela não tinha como ser uma líder por ser feia. Irritado com uma pergunta difícil feita pela apresentadora da FOX News Megyn Kelly durante um debate, ele disse mais tarde que ela havia sido dura porque estava menstruada. Repetidas vezes, Trump reafirmou que a infidelidade masculina reside em mulheres que não “satisfazem” adequadamente seus maridos. Em 2011, descreveu a amamentação como um ato “repugnante”. No início do ano, disse que, se fosse presidente, uma mulher que abortasse iria enfrentar “algumas formas de punição”. Em seu livro “The Art Of The Comeback” (A Arte do Retorno, em português livre), escreveu que mulheres são garimpeiras atrás de ouro, por isso “você deve tratá-las como merda”. Isso sem citar os diversos casos de assédio que vieram à tona durante a corrida presidencial. Sim, esse será o novo presidente dos EUA.



A ideia parece inconcebível do ponto de vista feminino. Foi por isso que durante a campanha uma repórter australiana acompanhou de perto alguns comícios de Donald Trump para entender o motivo que levava algumas mulheres a apoiar o então candidato.



“Esperei todo o verão para conhecer pessoalmente as ‘Trump girls’ que estavam ‘quebrando a Internet’”, contou a jornalista R. Todd Kelly. Ela se referia ao movimento lançado nas redes sociais pela campanha de Trump, que encorajava mulheres a declararem seu apoio a ele postando selfies sexies online. Como resultado, o Facebook, Twitter e Instagram foram tomados por grupos intitulados Babes4Trump, Trump Hotties e RumpsforTrump, todos dedicados a publicar fotos provocativas das eleitoras femininas e aparentemente criados por homens.



Logo, a hashtag #TrumpGirlsBreakTheInternet virou um movimento amplo que destacava os principais pontos de confusão e tensão do papel da mulher na campanha de um candidato tão misógino. Nunca antes uma corrida política foi negociada por meio da sensualidade de eleitoras, que se diziam confortáveis nesta posição e acreditavam ser simplesmente um meio engraçado para se alcançar um objetivo comum. “As selfies são uma maneira realmente divertida de transmitir a mensagem de Donald Trump”, explicou Sarah Hagmayer, porta-voz do grupo Students For Trump (estudantes por Trump).



Sarah compartilhou uma série de fotos suas e de sua irmã vestindo biquínis patriotas nos mais diversos cenários climáticos (até na neve). E quando questionada se essa não seria uma forma de objetificação, ela garantiu que não. “A mensagem transmitida pelas selfies é apenas a de que Trump vai tornar a América boa novamente”, disse. “Eu o apoio porque adoro suas políticas”



E quando questionada sobre quais seriam essas políticas, fica claro que, primeiro, ela não consegue citar nenhuma além da construção do muro na fronteira com o México e, em segundo lugar, que ninguém havia lhe questionado isso antes. Jan Morgan, outra apoiadora, pontuou que a necessidade de ter Trump como presidente transcende a ideia do que seria ver as mulheres de uma maneira “politicamente correta”. “Eu não me importo com o que Donald Trump pensa ou fala sobre as mulheres. Francamente, acho patético alguém se importar com isso. Hillary vai tirar nossas armas, Donald vai mantê-las. O que faz as mulheres o apoiarem é o fato de que segurança é importante para nós.”



“As mulheres que apoiam Donald Trump se importam primeiro e absolutamente com a segurança de sua família”, explica Melissa Deckman, professora de ciência política do Washington College. “Elas enxergam imigrantes e muçulmanos extremistas como ameaças reais, e estão à procura de alguém para defendê-las.” Elas acham que as promessas da construção do muro e a proibição da entrada de muçulmanos é o que separa a possibilidade de seus filhos crescerem de maneira próspera ou de se tornarem vítimas de violência.



E apesar de não saberem como essas medidas podem ser viabilizadas legal e financeiramente, elas são inflexíveis ao admitir que Trump irá realizá-las já nos seus primeiros 100 dias de mandato.



O CÍRCULO FEMININO DE TRUMP



Para um homem aparentemente tão “dotado” de testosterona, parece incoerente notar ainda a presença de três mulheres com papéis importantes na corrida que culminou em sua eleição. Além da esposa Melania e da filha Ivanka, a secretária de imprensa é Hope Hicks, um enigma para muitos.



Aos 27 anos, ela nunca tinha trabalhado com política. Em 2012, a relações públicas foi encarregada por Trump a ajudar Ivanka a expandir sua linha de moda. Mas, em 2015, como sua mãe admitiu ao The New York Times, Hope Hicks foi contratada pelo político para assumir a função de atender a imprensa em sua campanha. “Foi um choque”, disse Caye Cavender. Agora, a improvável secretária de imprensa lida diariamente com centenas de pedidos dos veículos de comunicação e gerencia a repercussão das confusas declarações de seu chefe, que durante a campanha lançou cinco políticas diferentes sobre aborto em apenas três dias.



Assim como outras mulheres do círculo de Trump, Hicks é ex-modelo. Simplesmente porque ele gosta de se cercar “de mulheres atraentes”. Uma investigação feita pelo The New York Times revelou que ocasionalmente no local de trabalho, Trump interrompe as reuniões de negócios para opinar sobre as figuras femininas presentes na sala. “Sempre que possível, ele quer que seus visitantes notem suas funcionárias mais atraentes.”



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Invista já! Mitos e verdades sobre o laser facial

O laser facial é um dos tratamentos mais procurados no inverno (Foto: Think Stock )O laser facial é um dos tratamentos mais procurados no inverno (Foto: Think Stock )

O inverno é a melhor época para os tratamentos faciais pois a incidência de sol é menor e, consequentemente, os resultados são melhores. O laser é um dos preferidos das mulheres. E há alguns tipos como os ablativos que agridem a pele (CO2 e Erbium) e os não-ablativos, mais leves (Q-switched ND: YAG e o Diodo). Depende da necessidade. O Q-switched, comercialmente conhecido como Spectra, é o melhor para manchas. O CO2 é o mais indicado para rejuvenescimento, porém, como é um tratamento que causa muito dor, vale a pena optar pelo Diodo que necessita de mais sessões, mas não agride a pele e não dói. Em conversa com a dermatologista Monica Aribi, ela explicou os mitos e verdades desta tecnologia da beleza.


A aplicação dói.
Depende. No geral, os lasers ablativos doem e necessitam de anestésico. Já os não ablativos, que não agridem a pele, doem bem menos e não precisam de anestésico.


O rosto fica vermelho após a aplicação.
Verdade. Co2 e Erbium deixam vermelhidão, além disso a pele descama bastante. São lasers que agridem a pele superficialmente. Já o Q-switched e Diodo, deixam vermelhidão apenas na hora. E o rosto esquenta levemente durante a aplicação, mas algumas horas depois a pele já está normalizada e o paciente pode retomar sua rotina.


Na primeira sessão já vê resultados.
Verdade. Com os ablativos, logo na primeira aplicação já é possível ver a diferença. Os não-ablativos são recomendados cerca de 3 sessões.


Não pode tomar sol após aplicação.
Verdade. É sempre importante reaplicar o filtro solar de 3 em 3 horas.


Pele negra não pode receber o laser.
Mito. Os não-ablativos podem ser aplicados, sim. Os outros tipos podem causar manchas na pele.


Pacientes com espinha podem fazer esse procedimento.
Verdade. Sem problemas.


Grávidas não podem.
Mito. Mas é recomendado a grávida ficar calma durante a sessão. Se gerar desconforto ou estresse é melhor interromper o tratamento para não prejudicar o bebê.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models

Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Nike elege mulheres curvilíneas para nova campanha e prova que esporte é para todas

Modelo plus size Paloma Elesser estrela nova campanha da Nike (Foto: Reprodução Instagram)Modelo plus size Paloma Elesser estrela nova campanha da Nike (Foto: Reprodução Instagram)

Finalmente, uma marca de sportwear reconheceu que mulheres curvilíneas também se exercitam. A Nike elegeu duas modelos “fora dos padrões” socialmente impostos como estrelas de sua nova campanha de tops esportivos.

A escolha joga luz sobre a ausência de mulheres que vestem tamanhos grandes das campanhas com apelo atlético e fitness.

Vestindo top e legging, a modelo plus size Paloma Elsesser e a professora de ioga Claire Fountain demonstram como escolher a peça que melhor veste cada silhueta. E o que mais tem chamado a atenção é o fato de as duas serem tratadas como qualquer outra modelo já escolhida pela marca, que inclusive abriu mão de usar qualquer expressão que diferencie a silhueta delas de outras.

A instrutora de ioga Claire Fountain também foi convidada pela Nike (Foto: Reprodução Instagram)A instrutora de ioga Claire Fountain também foi convidada pela Nike (Foto: Reprodução Instagram)

O intuito é normalizar a ideia de que mulheres de todos os tamanhos também se preocupam com questões fitness.

Em uma das fotos, Paloma ensina: “Muitas mulheres usam tiras largas e taças muito pequenas. Apoie suas mãos na sua cabeça. Se as alças levantarem, você precisa de um número menor de top”. Tops esportivos normalmente são desenhados para suportar mais impacto do que os sutiãs comuns. Por isso as tiras precisam ser bem mais justas do que as peças do dia a dia.

Paloma Elesser para a Nike (Foto: Reprodução Instagram)Paloma Elesser para a Nike (Foto: Reprodução Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Ginástica íntima: o exercício que melhora a saúde e o prazer das mulheres

Aprenda técnicas de pompoarismo (Foto: ThinkStock)Aprenda técnicas de pompoarismo (Foto: ThinkStock)
Ginástica íntima, exercícios de Kegel ou pompoarismo são nomes diferentes para uma só prática: a de exercitar e fortalecer a musculatura da vagina  e do assoalho pélvico. Milenares, os movimentos são passados de geração para geração em países como Tailândia e ganham adeptos no Ocidente, sendo recomendados por ginecologistas e fisioterapeutas por seus benefícios na vida sexual e na saúde das mulheres.

Por que praticar?
Com o passar dos anos os músculos do nosso corpo vão ficando flácidos, e não é diferente com os vaginais. “Além da idade, a prática de exercícios de alto impacto como a corrida, gravidez e parto, ou a remoção cirúrgica do aparelho reprodutor feminino, podem levar ao enfraquecimento desses músculos, o que vai afetar a vida sexual da mulher e pode até ocasionar em problemas como incontinência urinária ou prolapsos (queda da bexiga e do útero), já que está tudo interligado”, afirma Luciana Keller, psicóloga e dona da Boutique Constantine, em São Paulo, onde também ensina pompoarismo.

“Esses exercícios têm o objetivo de fortaler a região, evitando esses problemas, ou até revertendo eles”, completa a especialista.

Junto ao cuidado com a saúde, a prática desperta o interesse também por seus efeitos na vida sexual. De acordo com a fisioterapeuta uroginecológica Cátia Damasceno, os movimentos permitem o aumento da lubrificação vaginal, da libido e possibilitam explorar novas habilidades. “Sugar, pulsar, expelir ou chupitar são algumas das ‘manobras sexuais’ que você será capaz de aplicar no pênis conforme avançar nos exercícios”, explica Cátia, que também ensina a técnica.

Além de surpreender o parceiro, através do pompoarismo a mulher aumenta o seu próprio prazer, conquistando maior controle e consciência corporal. “Treinando a musculatura você consegue localizar, desenvolver e aumentar a percepção dos estímulos que são mais prazerosos para você”, diz Luciana. Mulheres que não conseguem ter orgasmos apenas através da penetração podem passar a tê-los após dominarem os movimentos e as que já têm podem intensificá-los.

Como funciona
Os exercícios consistem basicamente em contrair e relaxar os músculos vaginais. Faça força como se estivesse segurando o xixi e solte – aí está o principal movimento (você pode inclusive fazer o teste interrompendo um jato de xixi para avaliar como está o seu controle da região). Simples, o treino pode ser feito por qualquer mulher independente da idade, sendo contra-indicado apenas durante os 3 primeiros meses de gestação, de acordo com Cátia Damasceno, que completa, “o uso de DIU ou a menstruação não são obstáculos para os exercícios, que inclusive diminuem as cólicas do período menstrual”.

A especialista recomenda que os movimentos de tensão e relaxamento sejam repetidos 20 ou 30 vezes seguidas, por cerca de 10 minutos, com pequenos intervalos de 1 minutos entre as séries, e praticados diariamente.

Luciana completa as recomendações acrescentando que é importante segurar os músculos tensionados por quantos segundos for possível, até não aguentar mais e acabar soltando: “É como um exercício de isometria, mais difícil, mas com um grande efeito de fortalecimento. Progressivamente você ganhará controle da musculatura e conseguirá segurar por mais segundos”.

Acessórios
Pra trabalhar a força, resistência e mobilidade dos músculos vaginais, alguns pequenos acessórios podem ser grande aliados quando usados durante as seqüências de contração e relaxamento. São eles:

Ben Wa – São duas bolinhas, cada uma com aproximadamente 3 centímetros de diâmetro, ligadas por um fio de silicione. Ben Was com 3 ou 4 bolinhas não são indicados para os exercícios. Com as bolinhas dentro da vagina é possível trabalhar a mobilidade, dominando movimentos como sugar e expelir.

Vibrador personal – para praticar, opte por um modelo pequeno e fino, com até 3 centímetro de diâmetro e 13 de comprimento. Prefira os retos e lisos aos curvos, que podem incomodar durante o treino.

Cone – cápsula de formato anatômico, normalmente vendido em kits com 5 peças de pesos diferentes. Cátia recomenda o mediano, de 40 ou 50 gramas, para fortalecer a região.

Como qualquer outro exercício, é necessário manter uma frequência e continuidade. De 10 a 20 minutos por dia, pelo menos 3 vezes na semana, você perceberá resultados rapidamente. De acordo com Cátia, se tratando do tempo para aprender e evoluir, não há regras. “Cada corpo responde de um jeito, e enquanto algumas pessoas já sentem os efeitos positivos em apenas uma semana de treino, outras podem levar 2 ou 3 meses para ganhar controle da região”. A especialista explica que aí só há uma certeza: “Independente do tempo, toda mulher consegue aprender”.

Veja abaixo alguns produtos

Produtos para pompoarismo (Foto: Pompoarismo prod.)Produtos para pompoarismo (Foto: Pompoarismo prod.)

1. Vibrador personal de 13 cm, Eva Collection, R$18,99 no site www.boutiquebella.com
2. Kit de 5 cones de pesos diferentes, R$106,90 no site www.afrodite.net.br
3. Conjunto com quatro bolinhas vibratórias de gramaturas diferentes, Luna Beads. R$389 na Boutique Constantine
4. Bolas de pompoar Miu Miu Nalone, com controle remoto para mudar os módulos de impulso, ajudando nos exercícios. Recarregável e à prova d’água. R$689 na Boutique Constantine
5. Luna Smart, produto inteligente, com sensores de toque que respondem às suas contrações e movimentos. R$798,00 na Boutique Constantine.
6. Yani: conjunto com quatro bolinhas de alumínio em e duas astes, que permitem diferentes combinações para os exercícios. R$288 no site www.artedeamar.com.br
7. Intensive Loveball: esferas de silicone com peso interno. R$70.90 no site www.tabubyandoras.com.br

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model